Publicado em 2 de outubro de 2012 às 17:23

GOL anuncia ordem de compra de 60 aeronaves Boeing 737 MAX

A GOL Linhas Aéreas Inteligentes, em parceria com a fabricante de aviões norte-americana Boeing, anuncia uma ordem de compra incremental de 60 aeronaves Boeing 737 MAX, que serão entregues a partir de 2018. A companhia utilizará os novos aviões, principalmente, para a renovação de sua frota no futuro. Esta decisão está alinhada com o compromisso da GOL em aprimorar ainda mais sua eficiência operacional por meio de uma frota jovem, moderna e segura.

Desde o início das atividades da GOL, esta é a maior encomenda em número de aviões de uma companhia na história da aviação da América do Sul. Com isso, a empresa, pioneira em utilizar inúmeros avanços da família dos aviões Boeing 737-700 e 737-800, será a responsável por lançar o modelo 737 MAX no continente sul-americano e uma das primeiras aéreas do mundo a operar o novo equipamento.

Boeing 737 Max

 

O Boeing 737 MAX está em desenvolvimento pela fabricante norte-americana com a colaboração dos comandantes, engenheiros e técnicos da GOL. Os novos aviões serão equipados com os motores LEAP-1B, da CFM International, e terão uma avançada tecnologia nos winglets. Estas e outras inovações reduzirão o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes em até 13%, na comparação com os Boeing 737 Next Generation. Além disso, as aeronaves poderão decolar com mais peso e terão mais autonomia no voo.

Com o 737 MAX, os clientes continurão contanto com mais conforto nas viagens por meio da nova configuração de cabine Sky Interior, presente atualmente em 15 aeronaves da GOL. Este modelo apresenta sistema de iluminação de LED, com oito diferentes cores e intensidades, bagageiros novos, maiores e mais acessíveis, mais espaço entre botões para os clientes e molduras internas modificadas para melhorar o ângulo de visão.

“A decisão de encomendar os Boeing 737 MAX vem em linha com o nosso compromisso em manter uma frota moderna, jovem e extremamente segura, que nos permita sustentar nossa vantagem competitiva no futuro”, destaca o presidente da GOL, Paulo Kakinoff. “O novo avião será um dos equipamentos com o melhor custo benefício do mercado, por apresentar uma economia operacional incomparável. Isto é condizente também com o nosso modelo de negócio low-cost”.

A GOL tem parceria com a fabricante norte-americana desde o início de suas operações, é a principal cliente da família 737 na Amérial Latina e uma das cinco maiores no mundo. Isso permite que a companhia esteja no grupo das launch customers do 737 MAX.

>O compromisso com a Boeing já rendeu inúmeras inovações, como por exemplo, o desenvolvimento do 737-800 NG Short Field Performance para operar em pistas curtas. A GOL lançou esta aeronave e, com ela, realizou o primeiro voo comercial ponte aérea da história da aviação, com o maior avião a operar na pista do Santos Dumont. A novidade, agora, é o lançamento do 737 MAX Short Field Performance, tecnologia desenvolvida para a GOL.

Fonte: Assessoria GOL