Publicado em 25 de maio de 2012 às 17:21

Monotrilho – SP: Assembléia Legislativa marca audiência pública

No dia 31 de Maio. será promovida uma audiência pública na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo - aprovada em requerimento feito à Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados – que visa convocar os moradores e as entidades da região, com o intuito de tratar de questões relativas à pertinência do Monotrilho que será construído em São Paulo.

 

Entenda mais sobre o assunto

O monotrilho previsto para operar na Linha 17 – Ouro e interligar, na primeira fase, o aeroporto de Congonhas à estação Morumbi da Linha 9 – Esmeralda (Osasco – Grajaú) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, foi a opção que o Governador Geraldo Alckmin encontrou para melhorar rapidamente o transporte da região, devido proximidade da Copa do Mundo de 2014.

Mas, o projeto já enfrenta uma série de reclamações por parte dos moradores do local, que reivindicam a construção de um metrô subterrâneo ao invés do monotrilho, pois agora que a copa não acontecerá no Estadio do Morumbi, não vêem a necessidade de uma obra dessas, escolhida pelo caráter de urgência da situação, ser realizada no bairro. De acordo com os moradores, o custo beneficio da obra da construção do monotrilho é maior se comparada ao da construção do metrô.

Entre outras reclamações, os manifestantes ressaltam três: o impacto urbanístico, com a degradação do entorno; o impacto ambiental, com o fim das áreas verdes resultante do aumento da especulação imobiliária comercial; e, ainda, o limite para crescimento da demanda, já que o monotrilho é limitado enquanto o metrô subterrâneo tem melhor capacidade de absorver um crescimento de demanda na linha.