Publicado em 1 de junho de 2012 às 15:52

SPTuris lança campanha para atrair turistas GLS

A SPTuris – São Paulo Turismo -, aproveitou a proximidade da 16ª edição da Parada LGBT,  um dos maiores eventos deste gênero existentes no mundo e que acontece dia 10 de Junho em São Paulo para lançar uma campanha com o intuito de atrair uma maior vinda de visitantes na edição deste ano.

Este ano, o evento – que é um dos que mais atrai turistas para a capital paulista-, preparou uma campanha que mostra a grande variedade de estabelecimentos gay friendly existentes na cidade, além de um Guia LGBT, que será encartado em revistas e distribuídos pelas redes hoteleiras, aeroportos e centrais de informação turística.

Haverá também anúncios em publicações do segmento, folders falando sobre os eventos de entretenimento realizados na cidade e um vídeo promocional produzido em parceria com a Coordenadoria de assunto da Diversidade Sexual e da Secretária Municipal de Participação de Parceria, que será lançado durante a coletiva de apresentação da parada LGBT deste ano e pela internet.

De acordo com Marcelo Rehder – Presidente da SPTuris -, “O evento mostra ao mundo que São Paulo é uma cidade moderna, antenada, diversa e o turismo LGBT movimenta fortemente a economia paulistana. Em geral, é um público exigente, instruído, com bom poder aquisitivo e que muito desfruta das atrações da cidade”.

Durante o período da Parada LGBT do ano passado, o Observatório do Turismo, núcleo de estudos da SPTuris, realizou uma ampla pesquisa com o público do evento e também junto à cadeia produtiva para conhecer o impacto do segmento na economia da cidade.

Pelos dados do levantamento, 16,2% do público da Parada era formado por não-residentes em São Paulo, sendo 11,3% eram da Região Metropolitana e 4,9% eram turistas vindos principalmente de cidades do interior do estado de São Paulo e de estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco, além de estrangeiros de várias partes do mundo.

Em relação à cadeia produtiva, a pesquisa mostrou o impacto muito positivo da Parada na economia no comércio da cidade. Dentre os 86 estabelecimentos gay friendly contatados, verificou-se  aumento de 20 a 25% no faturamento devido à Parada e também um aumento de 30% nas contratações, sendo principalmente nas áreas de atendimento, bar, cozinha, atividades artísticas e vendas.

Fonte:SPTuris